quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Por que oferecemos bolos em casamentos?


Oferecer bolos em datas especiais é bem antiga e sua origem é intimamente ligada ao trigo, que é o ingrediente principal da massa. Sua simbologia além de linda é singela:  Prosperidade, fertilidade e sorte para o casal.

Na Grécia Antiga, os convidados recebiam biscoitos feitos com mel e gergelim, fazendo alusão aos momentos doces e salgados que todo casamento tem. Os romanos, seguiam a tradição de partir e esfarelar um pedaço de pão sobre a cabeça da noiva para abençoar e trazer fertilidade e abundância para o casal.

Na Idade Média, o costume levavam pequenos bolos para os noivos e cada um deles era colocado sobre o outro para que os noivos tentassem se beijar sem derrubar o bolo, tudo para dar sorte. A culinária francesa do século 17 deu o tom para os bolos de casamento que conhecemos hoje, com camadas, recheios e ampla decoração.

Hoje o ritual é dividir o bolo e o momento entre amigos e familiares. Compartilhando as alegrias e desejando muita sorte aos recém-casados!

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

O bolo de casamento típico do Nordeste


É difícil imaginar um bolo de casamento que não seja o bom e velho pão de ló, ou mais conhecido como “bolo branco”. Pois as noivas pernambucanas podem se dizer que são inovadoras com o seu tradicional bolo escuro de ameixas, passas e frutas cristalizadas maceradas no vinho, além da doce cobertura de açúcar de confeiteiro.

O bolo tem origens britânicas e hoje, a receita é um símbolo das celebrações no Nordetes e leva muito açúcar, iguaria tão importante para os pernambucanos. Já que açúcar se tornou uma raridade e fazia parte do dote de muitas famílias ricas em uma época de grande produção açucareira no Nordeste.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

5 coisas que não saem de moda em casamentos!


Casamento é algo que nunca sai de moda, mas tem algumas tradições que acabam ficando meio demodê. Ok, vocês ficaram noivos e agora você está pensando em ter seu casamento tradicional e moderno ao mesmo tempo, certo? Saiba que é possível ter uma cerimônia e uma festa moderna com aquelas tradições que nunca saem de moda. Confira 5 coisas que não saem de moda:


A marcha nupcial deixa a entrada da noiva ainda mais emocionate. Independente da trilha sonora, não é fácil segurar as lágrimas com essa combinação.

Ter o nome das solteiras na barra do vestido é algo que as pessoas já esperam ver! É fato que as suas amigas mais próximas vão perguntar ou tentar ver se os nomes estão lá.

Doces tradicionais como amêndoas e bem-casados vão além de ser simples doces. Representam união, logenvidade, saúde, riqueza e felicidade ao novo casal. Aproveite e ouse nos sabores ou nas embalgens dos bem-casados.

As daminhas e pajens dão aquele lado fofo para a cerimônia! Podem chorar, fazer birras, mas se divertem caminhando até o altar. Para evitar problemas em cima da hora, procure escolher crianças a partir de 5 anos.

E por fim, a primeira dança do casal é um dos momentos mais aguardados, principalmente pelos convidados mais velhos. Rende lindas fotos e ainda marca a entrada dos noivos. Se você quer inovar, comece com uma valsa e depois inicie os passinhos ensaiados por vocês. O legal é surpreender!

Fonte:  GNT